Críticas

Minha experiência ao ler HAWK! foi desbravadora, confesso. Um livro que me pegou de surpresa com tamanha capacidade de me envolver. Me tirou da minha zona de conforto literário e me fez enxergar uma escrita original, intrigante e emocionante. Quero mais desse mundo de Henry Hawk. #HawkParte2

Thaina Barboza, do bookstagram @chamadaliteraria

Eu conheci o livro HAWK! através da minha professora de literatura. E eu o li em um momento em que eu estava extremamente frágil emocionalmente. O livro além de ter uma história emocionante, me ajudou a fugir dos meus problemas, e isso foi muito importante pra mim. Além disso, tive o prazer de conhecer e entrevistar a autora do livro, Maria Eduarda, e posso adiantar que foi uma experiência incrível.

Estou contando os dias para a parte 2.

Ana Beatriz Janeri, proprietária @poranga.power

session hawk estaçao-65.jpg
"A autora abusou deliciosamente das entrelinhas, provocando no leitor um foco e atenção necessários para a compreensão da moral que se tenta passar. Um livro para se ler com calma e degustando cada página."
Pri Nunes, do bookstagram @infinitoliterarioo 

"É, sim, uma história de amor. E também vai muito além com questões filosóficas com um pé nos pré-socráticos e a origem do mundo, tempo e as realidades - afinal, o que é real? Não tem como ler as noventa e uma páginas, fechar o livro e aceitar que acabou. Nunca acaba."

Beatriz Faria, autora de Holanda e o Mundo Fantástico

Lançamento As quatro fases da lua-40.jpg
"Eu vi as imagens, os movimentos tão bem descritos pela autora e me encantei com cada momento de clímax dos contos que juntos formam obras diversas, dependendo da ordem da sua leitura."
Murillo Pocci, autor de A Casa

“Forte, pungente, vivo e vermelho, O anjo Torto e a moça sem olho é o conto perfeito para quem é apaixonado por tramas violentas e de vingança.” (comentário sobre o primeiro capítulo da obra)

Alexandre Silva, do bookstagram @porquevoceletanto

"Vingança não compensa... Mas que é gostosa, isso ela é. Maria Eduarda Paschoal nos dá esse gostinho em seu conto terrivelmente sangrento e delicioso." (comentário sobre o primeiro capítulo da obra)

Jonas Vendrame, autor de "Matéria-Prima" e outros títulos

fundo preto.jpg

Outros comentários e críticas sobre minhas obras você confere em meu Instagram e Skoob

  • Instagram
Já leu algum livro meu? Conte-me sua experiência!
Avalie-nosRuimJustoBomMuito bomExcelenteAvalie-nos

Obrigada pelo envio!